________________________________________

Senti necessidade de me expressar de outra forma que não através da música e da fotografia, antigas paixões. E foi uma surpresa quando vi que a matéria-prima com que trabalho há tanto tempo, a linguagem, poderia me dar a tábua de salvação expressiva de que eu tanto precisava e que tem me ajudado muito nos meus melhores e piores momentos, a poesia.

Vou listar aqui algumas dessas minhas tentativas de escrever poemas, cronologicamente. Todos os textos são de minha autoria. Mas como até meu romantismo é extremo, você não encontrará aqui poemas românticos nem melosos. São mais humanistas e existenciais, e como tudo ligado à existência, podem, eventualmente, demonstrar algum peso e pessimismo. Não tenho pretensão outra a não ser expressar minhas dores, loucuras, alegrias, dúvidas, angústias, revoltas e outros sentimentos que moram em mim.

Claudia Pinelli Baraúna Rêgo Fernandes®

Follow ClaudiaPinelli on Twitter



"Se eu ler algo e ele fizer meu corpo inteiro gelar, de uma forma que não haja fogo que possa me aquecer, eu sei que se trata de Poesia."



Emily Dickinson

sábado, 10 de novembro de 2007

Além das eternidades...

Há pouco tempo atrás te conheci
olhei teu rosto, teus olhos castanhos
mas raios que emanavam direto da tua alma
já não me pareciam em nada estranhos

Negava que a novidade se limitava
a um plano carnal, material e terreno
porque algo mais sagrado e que transcendia
mostrava-se claramente antigo e pleno

Naquele dia, ao invadir a tua alma
vi em minha mente misteriosas cenas
percorreu-me uma estranha e louca sensação
e não era como reencontrar alguém apenas

Mas poderia isso me acontecer
se então nunca havia visto o seu rosto
como eu podia sempre prever o que você diria
se nunca antes pude conhecer o seu gosto

A conexão pode parecer surreal
e assustar os pobres incautos como eu
além de não ter como explicar sem soar insano
um fenômeno como esse para alguém ateu

Na época em que ocorreu o fato
para mim foi um susto e uma surpresa
hoje após experiências variadas e canais abertos
consigo enxergar nisso tudo sua rara beleza.


Claudia Fernandes



10 de novembro de 2007
Related Posts with Thumbnails